Cabelo Danificado VS Cabelo Desidratado

Cabelos desidratados e cabelos danificados são problemas comuns. Contudo, ao contrário do que muitos pensam, eles não são a mesma coisa, nem sequer estão relacionados um com o outro.

O seco surge por vários motivos enquanto os danos aparecem normalmente devido a procedimentos como alisamentos e colorações.

O cabelo desidratado pode estar associado a muitas causas. Entre as mais comuns temos a genética, a falta de ações de hidratação profundas, uso de produtos inadequados e o contato com agentes externos sem a proteção adequada, por exemplo secadores. Por isso, o primeiro passo para cuidar adequadamente dos cabelos é realizar uma avaliação capilar e identificar a real causa do incómodo.

Além disso, existem certos tipos de textura e diâmetro que são mais propensos à desidratação. No caso dos cabelos ondulados, por exemplo, a oleosidade não consegue percorrer toda a sua extensão, o que acaba por tomar as pontas mais secas e espigadas. Fios naturalmente grossos também costumam ter o toque mais áspero e com menos movimento. Já os cabelos danificados são outra história…

Os cabelos estragados tiveram perda de matéria e apresentam as cutículas com muitas falhas, podendo assim estar elástico e partir-se facilmente. Já no caso da desidratação, o que acontece é a abertura das escamas (cutícula do cabelo), provocando a saída de nutrientes importantes e retirando o brilho das madeixas. Ou seja, um cabelo danificado está profundamente comprometido e quebradiço, já o cabelo desidratado está apenas áspero e sem brilho.

Até ao próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

x